STF: quantidade de droga apreendida pode justificar a ordem de prisão preventiva

Fabiano Ferreira
A Primeira Turma do STF decidiu que a quantidade de droga apreendida,1022 comprimidos de Ecstasy e 880 gramas de MDMA, evidencia a gravidade concreta da conduta capaz de justificar a ordem de prisão preventiva.


Ementa: 
HC 202712 AgR Órgão julgador: Primeira Turma Relator(a): Min. ALEXANDRE DE MORAES Julgamento: 28/06/2021 Publicação: 01/07/2021 Ementa Ementa: AGRAVO REGIMENTAL EM HABEAS CORPUS. TRÁFICO DE DROGAS. PRISÃO PREVENTIVA. MOTIVAÇÃO IDÔNEA. 1. É da jurisprudência desta SUPREMA CORTE o entendimento de que a quantidade de droga apreendida (1022 comprimidos de Ecstasy e 880 gramas de MDMA) evidencia a gravidade concreta da conduta capaz de justificar a ordem de prisão preventiva. 2. Agravo Regimental a que nega provimento.

Compartilhe:

0 Comentário(s)

Deixe seu comentário

Seu comentário foi enviado para a moderação!